Rah Digga, Parteum e Spunk no Manos e Minas
Rah Digga, Parteum e Spunk no Manos e Minas

Rah Digga, uma das maiores representantes femininas do Rap internacional, se apresentou em São Paulo e Rio de Janeiro ao lado do DJ Spunk e deixou saudades.

A MC e seu DJ chegaram em São Paulo no dia 17/11 (segunda-feira) pela manhã, durante a tarde do mesmo dia gravaram o Programa Manos e Minas da TV Cultura, que teve a sua primeira atração internacional desde a estréia e com isso a superlotação do Teatro Franco Zampari – local da gravação.

Foi o primeiro contato com o público brasileiro e não podia ser melhor, após a gravação ela continuou no teatro e deu atenção a todos que se aproximaram pedindo fotos e autógrafos, com uma simpatia digna de uma artista do seu nível.

Entrevista para o Perraps
Entrevista para o Perraps

Na terça-feira a noite (18/11), ela teve contato com os fãs, personalidades e a imprensa do Hip-Hop no H4 – Hip-Hop Happy Hour, no Espaço Metrópole, onde foi feito um pequeno coquetel. Muitas fotos, autógrafos e mais demonstrações de simpatia e educação, enquanto isso DJ Spunk discotecava.

Na quarta-feira (19/11) Rah Digga e Spunk foram até a Praça da Sé para a passagem de som e a noite ela deu uma pequena entrevista na MTV Brasil. Na quinta-feira foi o grande dia, a Praça da Sé estava lotada e muitos fãs aguardavam a sua apresentação. No repertório do show suas músicas solo, algumas do Flip Mode Squad e também suas participações com outros artistas, músicas como: “Tight”, “Imperial”, “Touch it”, “Whoah!”, “Give to me”, entre outras.

Show na Praça da Sé
Show na Praça da Sé

Sexta-feira (21/11) foi dia de conhecer um pouco da Cultura Brasileira em uma visita ao Museu Afro Brasileiro e depois descansar para viagem ao Rio de Janeiro. O show do Viaduto de Madureira foi sucesso absoluto, com a abertura do MC Marechal e o fechamento feito por Rah Digga. No domingo (23/11) a noite ela e o DJ foram embora e deixaram o público brasileiro “com gostinho de quero mais”.

A Produção da artista faz questão de deixar bem claro que não teve nada a ver com a produção da Kelis, a Rah Digga fez a parte dela e muito bem. Todos os méritos pela presença dela no Brasil se devem a SlangDoe Records, Make it Happen Entertainment e Revista Elementos.

Em breve muitas fotos!

Anúncios